arte na periferia: Escritor Toni C. recebe prêmio Tuxauá

14 de junho de 2010

Escritor Toni C. recebe prêmio Tuxauá

Hip-Hop Tupiniquim

8 de Junho de 2010 - 21h43

Escritor Toni C. do projeto Hip-Hop a Lápis recebe prêmio Tuxauá

O documentarista, escritor e coordenador do Ponto de Cultura Hip-Hop a Lápis Toni C. é considerado uma das 50 pessoas mais influentes na rede Cultura Viva.

Morador da periferia de Carapicuíba em São Paulo, é organizador do livro Hip-Hop a Lápis que já somam dois volumes, é também o autor do vídeo documentário É Tudo Nosso! O Hip-Hop Fazendo História.
Ativista cultural, é o único representante do hip-hop a ser premiado com o Tuxauá 2010. A palavra deriva do tupi e se refere a um indivíduo influente no lugar em que mora. Na rede do Cultura Viva, um articulador e mobilizador do Programa.
"O prêmio embora seja um reconhecimento pessoal, só foi possível graças ao empenho e ação coletiva" afirma Toni C. 
Para o escritor... "Nada mais justo que dedicar este prêmio a Nação Hip-Hop Brasil sem a qual nada disso seria possível, faço isso em nome do nosso presidente Aliado G. Também dedico ao elaborador do programa cultura viva Célio Turino, responsável por uma revolução cultural em curso em nosso país." 
O prêmio originalmente contemplaria os 30 primeiros classificado entre os mais de 200 escritos, passou com ampliação de verba do Ministério da Cultura a contemplar 40 premiados com a quantia de R$ 49.400 em dinheiro, para dar continuidade ao trabalho que desenvolvem, articulando novas ações. (veja todos os premiados e classificados)
O jovem escritor acredita que entre os feitos que o levaram a vitória está a publicação no New York Times de reportagem bastante positiva sobre Programa Cultura Viva. Após o correspondente internacional, o controverso Lary Rother, conhecer o projeto e as ações estabelecidas entre o hip-hop e a política cultural do Governo Federal. 
Da Redação com informações do MinC. e do Ponto de Cultura Hip-Hop a Lápis

Nenhum comentário:

RECOMENDAR