arte na periferia: Cultura Brasileira

12 de setembro de 2007

Cultura Brasileira

Tendo em vista a realidade social brasileira no início do século XXI é fácil distinguir que entre os vários fatores agravantes da difícil situação social do país o mais contrastante é a desigualdade econômica - social com a qual o nosso povo convive. Devido a alta concentração de renda, recursos, possibilidades e decisões nas mãos da restrita “elite” econômica do país.

Mas, esse mesmo povo que sofre as conseqüências cotidianas dessa desigualdade quer
ver e fazer essa realidade diferente, através de um quadro político e econômico mais justo, pacífico e humano. Para tanto, surgem no correr das épocas e crises movimentos que visam conscientizar a cultura humana para essa crise de forma que possa ascender na consciência da nação uma indignação que seja capaz de motivar no povo uma busca pela transformação política desse quadro.

É nesse contexto que os movimentos artísticos, principalmente aqueles surgidos desse
próprio povo, têm um papel fundamental na formação da cultura geral. Assim, em tempos
onde a repressão gera mais repressão como à violência, a arte surge como mediadora de
possibilidades de transformação da realidade, por criar de forma lúdica e concreta a
renovação desse sistema social que tanto os artistas insistem em retratar e recriar.

Nenhum comentário:

RECOMENDAR