arte na periferia: caminhada do pré-sal

28 de dezembro de 2009

caminhada do pré-sal

Hoje a caminhada caminhou. Andamos de Santos até Guaruja pela praia. Foi uma delicia, andamos de boa, olhando a paisagem e conversando muita história. Foda, porque a caminhada tem seu momento mais profundo quando caminha, porque quando estaciona pra fazer e trocar com as cidades ja é outra coisa. E acabo pensando que do jeito que tá, deviamos ser independente de uma vez, sem apoio de porra de prefeitura nenhuma, por que nem um governo está interessado num bando de pessoas que querem retomar velhos hábitos de caminhar, sair andando e conversando, disceminando e recebendo informação. Ainda mais quando o assunto é o pré-sal, quando se diz, a minha parte eu quero direto no meu bolso... deixa eu mudar de assunto.

Tomei uma chuva deliciosa enquanto caminhava na praia, nesse momento estava com o zinho e o manu, andando falando sobre mil coisas, muita ideia pra rolar sobre o hip-hop cozinha... quando chegamos no porto de santo, foi foda ver aqueles navios ou sei la como se chamam, chegando com milhares de conteiners com toda sorte de nome de produto gringo, é tudo nosso, é tudo deles, boa parte do pré-sal já foi vendido e aposto que quem comprou, não vai usa-lo tão cedo...

enfim, vou ficar até dia 3 de janeiro, tenho que aproveitar, amanhã vamos gravar um hip-hop cozinha aqui na caminhada, espero que seja bom, estamos dormindo hoje num péssimo lugar, uma associação com um banheiro de dar pesadelo, mas é que tem, é muito pouco, mas já é algo... em Bertioga não tem nada. Deixe eu ir tomar a saidera ali na praça e dormir que amanha é dia de fazer sarau.




peu

Nenhum comentário:

RECOMENDAR