arte na periferia: tamo voltando

3 de fevereiro de 2008

tamo voltando

salve a todos e todas que por algum motivo acompanham esse blog desnutrido...
Hoje a expedición donde miras chegou em Curitiba depois de caminhar mais de 500km por estradas inusitadas acompanhadas por rios e muitos latifundios que insistem em ocupar esse Brasil tão grande, tão bonito e tão pobre. Nesses últimos dois anos tivemos a oportunidade de visitar a cidade mais rica, do estado mais rico do país, que é Ribeirão Preto. Completamente ocupado pela monocultura da cana e cheia de latifundios de usineiros que explora a mão de obra baratA de imigrantes do noderste.
Nós caminhamos pelo Vale de Ribeira que é a região mais pobre desse cidade, onde a cultura artística é tão escassa, onde esses povoados parecem esquecidos e são tão receptivos e cuidadosos. Ainda nao sei dimencionar tudo o que sinto e tudo o que aconteceu nessa caminhada, mas sei que tudo isso vale para saber onde estamos e o que podemos fazer, mais do que o que devemos.
É sempre difícil fazer um documentário, ainda mais quando o assunto é tão vasto, ainda mais quando um bando de artśitas resolvem refletir o esperíto latino do povo brasileiro. Não nos sentimos latinos, tudo parece muito longe e apesar de a informação não chegar, o programa do Gugu e o Faustão chegam lá na mata, entra na casa do criolo quilombola mais escondido.
O Brasil é muito vasto... só passamos por dois estado e parece que andamos pelo país inteiro, queremos ganhar a América do Sul e sabemos que vai ser difícil, mas não deixMOS de sonhar... o artista vive pra sonhar...
Estou corrido agora, o tempo está acabando e eu quero viver, quero comer a vida de culher grande. E por isso preciso ir, quero dizer que esse espaço nào está esquecido e que eu tenho imenso carnho por todos e todas que acompanham o nosso trabalho humilde... desculpem as falhas ortográficas e erros de eforia... um beijo para os que acompanham nosso trabalho.
até logo, em breve estou de volta com mais noticias reflexivAS, afinal nosso papo é arte.

peu pereira

Um comentário:

Anônimo disse...

Amém!!!
Oxalá!!!
Vocês com sua caminhada,
tão fazendo um futuro pra quebrada.
Voltem logo.
Só estamos nessa luta pra poder sair.
Salve!!!
Augusto

RECOMENDAR