arte na periferia: Dulixo entrevista Sérgio Vaz

18 de fevereiro de 2009

Dulixo entrevista Sérgio Vaz

Ilustração Ganu
O LEITOR


Dulixo entrevista Sérgio Vaz

Dulixo
: Salve Poeta...pra começar se apresenta pra quem não te conhece...de onde você é...e o que faz!!

Sergio Vaz: Meu nome é Sérgio Vaz, sou poeta da rua, moro no Pirajussara (Taboão da Serra) e na Piraporinha (zona sul de São paulo).

Dulixo: O que te incentivou a seguir na literatura?

Sergio Vaz: Meu pai.

Dulixo: O que é a Cooperifa ?
Sergio Vaz: Movimento cultural de periferia para a periferia, fundamentado principalmente na literatura, com objetivo de incentivo a literatura e a criação poética.
Uma revolução sem a letra "R".

Dulixo:Como surgiu essa idéia de transformar o bar do Zé Batidão num Sarau?

Sérgio Vaz: Transformar em centro cultural o único espaço público que o estado dá para a periferia : o bar.

Dulixo:Qual a importância da Cooperifa na comunidade e o que mudou na sua vida depois da Cooperifa?

Sergio Vaz: Na comunidade, a auto-estima. Em mim a mudança é diária, cada dia uma lição nova a aprender.

Dulixo: Além da Cooperifa ...como está os trampos de arte educador??

Sergio Vaz: Toco os projetos: Sarau Rap na Ação Educativa, Cinema na laje, Rima falada na Casa de Cultura M´boi Mirim, Sarau nas Escolas, Blogs, também participo de debates e palestras.

Dulixo: Como você vê a literatura hoje em dia no Brasil e em especial nas periferias?
Sergio Vaz: Vejo que a literatura veio para ficar em nossas vidas, porque quando o povo se apropria de uma luta, que é cidadania através do saber, ninguém pode saber no que vai dar. Só sei que vai ser uma coisa muito boa.

Dulixo: O que é literatura Marginal ou Periférica ...pra você tem essa vertente ou literatura é literatura..independente se quem escreve vem do gueto ou do centro?
Sergio Vaz: Literatura/periférica é um movimento literário que surgiu dos becos e vielas, e esta descaradamente ligada ao cotidiano das pessoas simples que vivem nas periferia do Brasil e do mundo. Está além da escrita, é um sentimento.
É uma literatura a serviço da comunidade, sem disfarces, que não escolhe os olhos de quem lê, porque sabe que "quem lê enxerga melhor".

Dulixo:Fale um pouco do Prêmio Cooperifa?

Sergio Vaz: Criado para divulgar o trabalho de guerreiros e guerreiras que trabalham em prol da comunidade.

Dulixo:Qual os outros projetos da Cooperifa pra esse ano...vem surpresa por ai?

Sergio Vaz: Cinema na laje, Jornal da Cooperifa, Ajoelhaço, Poesia no Ar, Sarau nas Escolas, Mostra Cultural, Chuva de Livros, etc.

Dulixo:Pra terminar essa nossa primeira entrevista de outras que com certeza virão...deixa um salve pra quem acompanha nosso blog.

Sergio Vaz: "Um discurso não é nada sem a prática."
Acesse o Blog: http://dulixo13.blogspot.com/
(fonte)

Um comentário:

dulixo disse...

Salve Periferia...é nóis pela arte...abraço...paz e luz na caminhada!!

Tubarão www.dulixo13.blogspot.com

RECOMENDAR