arte na periferia: Programa VAI divulga projetos selecionados

27 de março de 2010

Programa VAI divulga projetos selecionados

Foram recebidas 679 inscrições de projetos, sendo 601 pessoas físicas e 78 pessoas jurídicas e foram selecionados 127 projetos ao todo.

A Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Comissão de Avaliação e Propostas e da Coordenação do Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais – VAI, concluiu o processo de seleção dos projetos a serem subsidiados pelo VAI no ano de 2010. 

Nesta 7ª edição, foram inscritos 679 projetos, sendo 601 de pessoas físicas (89%) e 78 de pessoas jurídicas (11%). 

A Comissão de Avaliação e Propostas, composta por 16 membros - 8 membros do Governo e 8 membros de entidades ligadas à cultura e à juventude - realizou três reuniões para efetivar suas escolhas, a partir da leitura dos projetos.  

Em todo o processo, foram priorizadas as iniciativas dos jovens na faixa dos dezoito aos vinte e nove anos, ações não profissionais, coletivas, a serem desenvolvidas na periferia ou em locais marcados pela ausência de equipamentos culturais ou dificuldade de acesso a eles. Outros aspectos relevantes foram a diversidade de idéias e linguagens, a coerência entre projeto e custos e a distribuição na cidade. Tiveram prioridade ainda as ações que estão em andamento, destacando-se alguns projetos já desenvolvidos com subsídio do Programa, cujos resultados tenham sido positivos, segundo acompanhamento da equipe técnica e da Comissão de Avaliação.  

Na primeira reunião, teve contato com os dados do Programa (histórico de edições anteriores e perfil dos inscritos), além de discutir procedimentos de distribuição e avaliação. Estabeleceu, com base na lei que criou o Programa e em seus objetivos, os critérios para escolha dos projetos.  

Na segunda reunião, houve uma intensa troca de observações a partir da leitura dos projetos, na qual ficou evidente a preocupação de todos em identificar, dentre os candidatos, aqueles projetos cujo perfil corresponda aos objetivos do Programa. Fez-se um mapeamento dos projetos bem avaliados por cada membro da Comissão, verificando-se os pontos em comum e divergências nas escolhas. Os pontos divergentes foram objeto de debate entre os avaliadores, de modo a elaborar uma lista preliminar.  

Na última reunião, foi apresentada pela equipe do Programa a compatibilização dos dados extraídos da listagem delineada na reunião anterior, simulando a distribuição dos projetos por região da cidade, linguagens contempladas e ausentes, bem como problemas técnicos. A partir da leitura da listagem e debates na Comissão, foram retomados os critérios discutidos anteriormente, com vistas a corrigir eventuais distorções.  

Com base na lei, decreto e edital que regulamentam o Programa, a Comissão decidiu desclassificar os projetos apresentados somente com o valor total, sem orçamento detalhado, cujos códigos de inscrição são: PE 01; SA 15; projetos com valor superior ao estabelecido em edital: CCJ 27; SMC 250; projetos com cronograma mais extenso que o estabelecido em edital: SA 23, SMC 189, SMC 244; de pessoa jurídica com fins lucrativos: SMC 138; projeto cujo proponente, na condição de titular, bem como sua proposta de intervenção, já foram contemplados pelo Programa por duas vezes: CCJ 02. 

A Comissão de Avaliação e Propostas selecionou 127 projetos, dos quais 112 de pessoas físicas e 15 de pessoas jurídicas, conforme a disponibilidade de recursos do Programa, que para o ano de 2010 é de R$ 2.520.000,00. Merece destaque o fato de 105 proponentes de projetos selecionados estarem na faixa entre 18 e 29 anos, sendo que 7 proponentes tem mais que 30 anos. Nos projetos de pessoas jurídicas, de modo geral os responsáveis têm idade superior à faixa priorizada pelo Programa. Há projetos por toda a cidade, sendo que as subprefeituras nas quais será desenvolvido o maior número de ações são Campo Limpo, M´Boi Mirim, Butantão, Capela do Socorro e Ermelino Matarazzo. Houve diminuição de projetos na zona leste e aumento na zona sul e na zona oeste, sendo a zona sul a que possui maior número de projetos contemplados em contraposição ao ano anterior que teve mais projetos desenvolvidos na zona leste. Procurou-se contemplar a diversidade de ações existentes na cidade, respeitando-se os objetivos do programa. Estão presentes as artes integradas, que vêm à frente em número de projetos, seguidas de audiovisual, teatro, música e hip hop. Há bibliotecas fixas e itinerantes, cultura tradicional, artes visuais, sites, ateliês, grafitti, publicação de livros, jornais, quadrinhos, fanzines, saraus, rádio de rua e fixa, fotografia, exibições e produção de filmes, intervenções urbanas, apresentações teatrais, musicais, de dança, cultura indígena e muitas outras ações. 

 Além de estimular a produção de novos bens culturais, a proposta do Programa é proporcionar vivências e experimentações, divulgar os produtos existentes, formar gestores e redes. 

Caso haja complementação de recursos, desistentes ou selecionados que não cumpram os prazos para entrega de documentos, a Comissão poderá escolher novos projetos no final do mês de abril.  

Nomeada em fevereiro deste ano, a comissão responsável pela seleção é composta pelo membros: Helena Wendel Abramo - SMC/Gabinete; Miguel de Castro Perez - SMC/Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso; Dolores Augusta Biruel - SMC/Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso; Vera Lucia Cardim de Cerqueira – SMC/Centro Cultural São Paulo; Doroty Rojas – SMC/Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas; Sueli Vicente Andreato – SMC/Departamento de Expansão Cultural; Elaine Cristina Semicek – SMC/Departamento de Expansão Cultural;Maricy Elizabeth Montenegro – SVMA/Secretaria do Verde e Meio Ambiente - UMAPAZ; Moira Toledo Dias Guerra Cirello – Associação Cultural Kinofórum; Vivian Malusá – Cinemateca Brasileira; Sebastião José Soares - Fórum Permanente para as Culturas Populares; Nilva Costa Luz - Serviço Social do Comércio; Maria Cristina Castilho Costa – USP - Escola de Comunicação e Artes; Alexandre Luiz Mate – Universidade Estadual Paulista; Luiz Antônio de Freitas Barata – Ação Educativa e Ana Paula do Val – Instituto Pólis.

Veja os projetos selecionados.


PESSOA FÍSICA
AR 001 Aroeira Frutos da Música
AR 014 Pessoas que passam a passos de pés literatura em cena
AR 017 Manifestações Populares
AR 027 Re-construindo nossas identidades
BT 004 Redescobrindo o circo teatro
BT 013 IIParada Eletrônica Butantã
BT 018 Manual para produzir Mancúspias
BT 027 Final de tarde clássico
BT 031 Comunicarte
BT 032 Interferência Sonora
BT 034 Bicicloteca - No meio do caminho tem um livro.
BT 040 Dança: Movimento Contínuo
CCJ 001 Festivais Reviva Rap
CCJ 007 Contos, Cantos e Encantos
CCJ 008 Curta Metragem Jennifer
CCJ 014 Beat Orgânico
CCJ 015 Dança: Forma , Técnica e Poesia do Movimento
CCJ 029 Coletivo Cultural Poesia na Brasa
CCJ 034 Hip Hop na Medida II Edição
CCJ 042 Audio Visual Cine Cachoeira
EM 008 Papel Caneta e Tinta Preta
EM 010 Em movimento
EM 035 Projeto Jardim Keralux, câmera e ação!
GR 003 Batalha na Vila
GR 008 O Requinte da Música de Ernesto Nazaré na Zona Sul
GR 024 Direito à História e Memória Cultural
GR 025 Periferia em Movimento - Debates
GR 031 Semente de Cultura - Maracatu S.A.
GR 033 IntegrArte
GR 034 Ligando os Muros: Quadrinhos Grafitados na comunidade
GR 037 Imargem 2010
GR 038 Expandindo Cultura e Gerando Sonhos
GR 040 Rádio Móvel Grajaú II
GR 042 Lembranças do Sertão
IP 032 Hip Hop de Responsa
IP 037 Ressurgindo da Águas
LA 004 Entrança
LA 008 Quando a leitura sobe a Viela
LA 013 Beckettividade - Pesquisa, Circulação, Wokshop e Temporada
LA 017 Repertório Companhia Estudo de Cena
LA 035 Fotografia na lata: imagens da história de Perus
LA 036 Cia Trupe Liuds: a vida do palhaço
LA 038 A arte em Atântica...
PE 008 Teatro de Portas Abertas
PE 009 No colo do Conto, na cola da dança
PE 010 Azu: degraus da arte
PE 012 Tenda Literária
PE 018 Revista Pâncreas
PE 020 PublicaçõesUrbanas: uma vitrine, uma voz
SA 001 Cultura e sustentabilidade no Parque
SA 006 Virada Ambiental
SA 016 Entrevias
SA 019 Samba Rock na Veia Multiplicando a Cultura Samba Rock
SA 021 Afroarteperiferica
SA 038 Projeto Koteban de Vivência e Religação com a Àfrica-Oeste
SA 055 Paraisopolis no Audiovisual
SA 058 Dia de Cultura no Jardim Miriam
SA 066 Registro Samba do Monte
SA 067 Barzinho cultural Monte Azul
SA 075 DOE 9 434
SA 080 Correspondencia Poética
SA 081 Revista Cooperifa
SA 097 Festa do Cavalo Nóia
SMC 007 VAI Circo escola
SMC 008 Projeto Bonecão na Rua
SMC 014 Sarau Elo da Corrente - oralidade e escrita tecendo saberes
SMC 024 Projeto Organon
SMC 029 Aqui, Dalí, um sonho circense
SMC 030 Projeto Pé no Quintal
SMC 048 Geração Hip-HOP
SMC 052 Arte Urbana:Retratos Coletivos
SMC 056 Traquitanas
SMC 057 Projeto Vídeo Popular (ano2)
SMC 065 Literatura (é) possível
SMC 073 Projeto Batuque Arte - Tambores do Brasil
SMC 077 Hip-Hop de Salto
SMC 078 Samba no asfalto em prol da comunidade
SMC 083 Fortalecendo raízes
SMC 085 M´Boi Mirim por nós
SMC 089 SiteNóiz
SMC 091 Nos tempos da São Bento: memória coletiva do hip-hop em São Paulo
SMC 092 Oficina de comunicação: da carta ao filme
SMC 103 Mapa Xilográfico - Cidade Dutra
SMC 115 Projeto Gravação do CD Circo Incandescente
SMC 119 Liga dos Beats
SMC 122 Perifacine: Fascinante, Itinerante, Nosso...
SMC 126 Pensando & Fazendo Moda
SMC 128 Soul Break - A Vida e Um Sonho
SMC 131 Lá do Morro
SMC 134 Underground: Espaços Culturais do Centro de São Paulo
SMC 146 Ladrilhando com Parlendas
SMC 148 Resgatando Identidades Culturais
SMC 149 Arte pra Vida (Ateliê)
SMC 154 Gravação do CD "Caminho das Pedras"
SMC 167 Olhar das Mãos
SMC 168 Ausências
SMC 170 Cine Teia
SMC 173 Breacking the Floor
SMC 187 Ajaka Para - Cestos Guarani
SMC 196 CCL - 2º Ano Cine Campo Limpo: Vídeo-saraus
SMC 197 Cine Lazer
SMC 201 Funk Conscientiza
SMC 204 Festival Paulistano de Vídeos nas Escolas
SMC 210 Arte Maloqueira em Guaianases
SMC 216 Cine Bijou - Cinema e Memória para Jovens
SMC 218 Usina 10 - Fabricando Canções
SMC 223 O Olhar - Entre a Identidade Local e Global
SMC 230 Cine B.O.
SMC 239 Varal Design
SMC 252 Renovação da Saga
SMC 257 Descompanhia Teatral / Troço n#2 / Navalha na Carne /
Desdobramentos
SMC 262 Atelier Livre
PESSOA JURÍDICA
AR 002 Batukando para a vida
AR 021 Construindo arte popular
AR 030 Cidade Tiradentes sonora
BT 001 Plantando o Futuro
EM 011 Viva a diferença pela arte
GR 020 Balé Afro Mona Kavungo
PE 013 Raíz
SA 026 Banca do Futuro
SA 037 Projeto Cultura para Todos II A arte transformando vidas!!!!
SA 043 Palestras e Apresentação do Coral Guarani da Aldeia Krukutu nas Escolas
SMC 013 Projeto Rádio Escolar - "Rádio Mania"
SMC 185 Teatro para Juventude - Eu Quero Sexo
SMC 195 Um Sonho Brasileirinho
SMC 202 Mulheres Periféricas Cantam
SMC 227 Quarto Mundo

Um comentário:

Valdecy Alves disse...

Seu comentáro está aguardando moderação

Sem dúvida que sempre que seguimos um blog ou somos seguidos, formamos uma verdadeira teia, capaz de ter um alcance quantitativo e qualitativo para matérias formativas e informativas, que mídia alguma consegue ter. POR ISSO PARABÉNS PELO BLOG.

Doutra feita, CONVIDO VOCÊ, seus seguidores e quem você segue, para lerem matéria sobre o espetáculo SAGRADO E PROFANO, que ocorrerá na cidade de Senador Pompeu, interior do Ceará, no pequeno Distrito de Engenheiro José Lopes. Experiência artística que mobiliza toda a população, que além de encenar a Paixão de Cristo ainda tem os caretas, que há cerca de 70 anos, saem pelas ruas. Experiência artística, social, política, folclórica, econômica….. que merece ser relatada, imitada e, sendo possível, vista e visitada ao vivo. Boa leitura em:

http://www.valdecyalves.blogspot.com

RECOMENDAR