arte na periferia: Matéria sobre o programa HIP HOP COZINHA

28 de setembro de 2010

Matéria sobre o programa HIP HOP COZINHA

Matérias
Bocada - Forte ::: Reportagens
Condimento cultural no programa "Hip-Hop Cozinha"
Data: 28/09/2010

Zinho Trindade inova ao fazer um programa que une culinária e hip-hop, na web TV Hip-Hop Cozinha

A ideia nasceu de um sonho: uma visita ao programa da apresentadora Ana Maria Braga, famoso pelas receitas apresentadas por convidados. No mundo real, o músico e poeta Zinho Trindade conhece a tão famosa falta de opção nos canais abertos da TV brasileira. A vontade de produzir algo diferente o domina. Sua mente ferve como água que foi colocada na boca do fogão para passar um café ou cozinhar o macarrão. Ao encadear pensamentos, não sabe que as ideias que terá, dali em diante, mudarão para sempre a relação entre o hip-hop e a culinária.

“Cozinha com cultura é o tempero”
Um ano depois desse sonho maluco, o poeta Zinho Trindade inovou, via internet, o formato dos programas de culinária no Brasil. A partir de uma web TV nasceu, em fevereiro de 2010, a primeira edição do Hip-Hop Cozinha, programa transmitido através de um blog na rede. Este trabalho uniu, pela primeira vez, elementos da cultura de rua com as diversas formas de cozinhar. Fora do Brasil, formato semelhante já havia sido feito com o rapper Coolio - que, no site My Damn Channel, criou em 2008 o programa Cookin´ With Coolio ("Cozinhando com Coolio").

Diferentemente dos programas convencionais do gênero, Hip-Hop Cozinha traz "ingredientes" poéticos, musicais, visuais e artísticos como condimento a "pratos" jamais experimentados antes. Um deles, servido logo de início e sem moderação, é o acesso democrático à exibição do programa, feito apenas via internet e com vídeos postados no YouTube.

Uma pitada de conhecimento e um formato “roots” saciam o apetite do público do hip-hop, especialmente o que está conectado com a informação, os blogs e as redes sociais. Bisneto de Solano Trindade, Zinho apresenta o programa, faz entrevistas e ainda se aventura na preparação de alguns pratos à beira do fogão. O formato inovador do Hip-Hop Cozinha é realizado por uma equipe de oito pessoas - entre elas, Daniela Embón (produção), Gunnar Vargas (som), David Vidad (camera) e Peu Pereira (direção, operação de câmera e edição).

Liberdade na rede
Para Zinho Trindade, a democratização do meio virtual promove o acesso de mais pessoas à cultura alternativa. “É claro que gostaríamos que o programa alcançasse mais pessoas, em uma mídia maior, mas a internet é o que está ao nosso alcance", analisa. "E acho que a galera está curtindo. Tem bastante gente assistindo, entrando no blog para ver. Enfim, estamos felizes com o resultado."

Trindade, que de início tinha pensado em fazer algo vinculado ao hip-hop e ao futebol, acabou desistindo depois do sonho com o programa da Ana Maria Braga. “Quando eu acordei e liguei a TV, vi que estava passando futebol, mas fui mudando de canal e tudo estava uma porcaria. Veio então o estalo: fazer algo, mesmo que pela internet, para mudar essa cara e ter algo diferente, com o pessoal nosso”, enfatiza.

Ponto para ele, porque o formato é aprovado pelo MC F.I.N.O., que, em julho, apresentou no programa seu CD solo Qu4rto Mundo, lançado no final de 2009. “É importante que o espaço da internet seja usado para fazer com que o hip-hop e as ideias ligadas a ele cheguem até as pessoas”, aprova F.I.N.O. A versão mais recente de Hip-Hop Cozinha foi publicada neste mês.

Também já passaram pelo programa o rapper Slim Rimografia e o grupo de teatro Clariô. E é desta forma que, sem obedecer a uma fórmula pronta ou mesmo a um roteiro limitador, Zinho improvisa na casa de F.I.N.O. e lembra que o maior objetivo não é trocar receitas. “É bom para as pessoas se conhecerem melhor e verem também o trabalho da galera que está aí. Essa TV é nossa utopia, com um programa que passa o que interessa aos moradores da periferia, com personagens da periferia. Seguimos na missão de fazer esse programa lindo”, finaliza Zinho.

[+] Assista ao programa no blog Hip-Hop Cozinha

Nenhum comentário:

RECOMENDAR